Caneta prata

Olá turma,
Dando continuidade as resenhas de cada capítulo, este capítulo antecede o ponto alto do livro. Ou seja, é o capítulo que divide a história, até aí estou bem, não podia imaginar que o pior estava preste a acontecer. Começo falando das minhas notas, estava indo mal em Inglês. Faltava muito nesta matéria, mas neste dia em que fui chamada na diretoria para explicar sobre as minhas notas, confesso que fiquei com medo deles descobrirem a verdade.
.
Eu retrato do valor que a escola dava para as festas Juninas. O boi-bumbá sempre foi a atração principal da festa. O grupo carrapicho e seu ritmo faziam todos vibrarem de emoção, era impossível não dançar diante das batidas dos tambores. Eu amo esse grupo, o Zezinho fala da cultura amazônica em suas músicas, mostrando para o mundo as riquezas de nosso estado tão lindo e tão acolhedor. Eu fiz questão de ressaltar a letra da música, e agora quero que você veja comigo esse clipe que fala da cultura do meu povo, através dessa música “Tic Tac”.
 

Sobre a caneta prata, pensei em não colocar pensando que iria dar a entender que eu estava “ME ACHANDO”. Mas por outro lado, quis mostrar o lado romântico dos anos oitenta e como os bilhetes corriam soltos, ocupando o lugar da internet de hoje.
E como que era emocionamte receber, tocar, abrir e ler algo tão romantico. É triste saber que isso não existe mais entre os jovens.

O garoto investiu sem medo de ser feliz, mas soube respeitar e entender o não. Pessoas assim, que sabem entrar e sair, se dão bem na vida. Elas acabam sempre tendo em suas mãos no tempo certo o melhor.
A outra lição que tiro deste capítulo, é que antes do mal aparecer, o bem chega primeiro. Mas é nescessário perceber sua presença.
E você que achou deste capítulo?

21 Respostas para “Caneta prata”

  1. Laila Maffra disse:

    Poxa Flávia,que bom q amou!
    É verdade que os meninos estão diferentes,mas as meninas também,não é?
    Acredite e continue assim que encontrará alguém como espera,mas não tenha pressa,ok?
    Bjs no coração.

  2. flavia rafaela disse:

    amei quando li essa historia.Queria muito que os meninos de hoje ainda fossem assim eu sou um tipo de menina romantica como esse garoto.Espero que o meu seja romantico.

  3. victor silva frota disse:

    foi essa a caneta que o Ernan lhe deu???

  4. i laila parese que ta todo mundo atrasado hoje em dia so se usa mensagen de celular na aula rsrsrsrs.

  5. priscila disse:

    Em minha escola,nós ainda fazemos isso. Mandamos recado pela folhar é muito legal!

  6. stherfany disse:

    ERA DE PRATA MESMO

  7. Amanda Aline disse:

    Laila, e voce gostou desse garoto?

  8. Laila Maffra disse:

    Era uma parecida com essa.

  9. Gabrielly disse:

    ERA ESSA CANETA MESMO????????

Deixe seu comentário