Espaço do Leitor (Por Daniel Sombra)

Olá pessoal!

Meu nome é Daniel Sombra, tenho 16 anos e moro em Manaus, uma cidade encantadora, que me proporcionou uma das experiências mais fascinantes que já tive, conhecer a Laila em uma palestra no meu colégio. Esta pessoa que vem feito mudanças significativas no meu eu, fazendo com que minhas emoções aflorem de um jeito que nunca aconteceu.

Então, estou aqui para postar um texto que escrevi para ela no dia 23/06/2011. Quero que vocês vejam o quão esta pessoa me faz bem e como ela é importante.

Quero que saibam que agora estarei postando diversos textos nesta página, para que os leitores possam escrever seus comentários, entrar em contato comigo para dividirmos experiências e discutirmos sobre os mais váriados assuntos!

Um abraço!

Segue o texto:

Bom Dia Laila! É um prazer estar escrevendo novamente pra você!

Vamos voltar para aquele dia fantástico! Um momento muito especial para mim, pois nunca havia assistido uma palestra sobre esse assunto e, ainda mais com uma história real a qual tive oportunidade de ler. Conhecer a autora que passou por situações tão difíceis no passado e hoje apresenta a sua história para um público de jovens, na expectativa de mostrar-lhes que o mundo do qual aquela menina esteve presente é horrível e muitas vezes, sem volta.

Foi uma experiência ótima e ao mesmo tempo dolorosa para mim poder estar ouvindo a história da pessoa que passou por todos aqueles momentos difíceis. Por um lado estava aprendendo mais sobre o quão deve ser terrível o efeito das drogas e como uma pessoa fica fora de controle para obtê-la; por outro estava triste, já que chorei quando li aquele livro, é como se eu estivesse revivendo os momentos que li, sofrendo com as dores daquela Laila jovem, que tinha sonhos e planos, que morava na beira do rio e nunca imaginava estar um dia na cidade grande, em baladas e um dia passar a noite na rua.

A curiosidade de saber mais sobre aquela menina me interessou, aprender com ela a estar mais distante desse disfarce irresistível e dos falsos amigos, que estão do seu lado apenas no momento inicial, mas depois saem de cena, te deixando sozinho, pois eles só servem para mascarar a droga e deixá-la bonita na sua frente.

Talvez minha alma tenha se identificado com a sua. Quando estava olhando fixamente para você, parecia-me que me retribuí-as, olhando de forma fixa em alguns momentos para mim. Isso me deixa contente, “bom ela estava olhando para mim?”. De certa forma a curiosidade de aprender com aquela mulher me deixou interessado, poder ouvir de suas próprias palavras os seus pensamentos e as aflições do passado me chamavam para estar presente naquela palestra.

Obrigado por ser a pessoa que me deixou uma das melhores lições que já tive!!!!!

Sim, eu era o aluno olhava diferente. Te adoro muito! Quero estar sempre aqui para poder ajudar aquela palestrante que me tocou, a seguir em frente e nunca desistir, ela é uma guerreira.

Parabéns! Um abraço!

7 Respostas para “Espaço do Leitor (Por Daniel Sombra)”

  1. Laila Maffra disse:

    OLá mande seu endereço completo, com telefone que entraremos em contato

  2. rosana disse:

    olá,meu nome é Rosana, sou professora, moro em São Paulo e gostaria de saber como posso adquirir seu livro..obrigado.

  3. Daniel Sombra disse:

    Olá pessoal!

    Meu nome é Daniel Sombra, tenho 16 anos e moro em Manaus, uma cidade encantadora, que me proporcionou uma das experiências mais fascinantes que já tive, conhecer a Laila em uma palestra no meu colégio. Esta pessoa que vem feito mudanças significativas no meu eu, fazendo com que minhas emoções aflorem de um jeito que nunca aconteceu.

    Então, estou aqui para postar um texto que escrevi para ela no dia 23/06/2011. Quero que vocês vejam o quão esta pessoa me faz bem e como ela é importante.

    Quero que saibam que agora estarei postando diversos textos nesta página, para que os leitores possam escrever seus comentários, entrar em contato comigo para dividirmos experiências e discutirmos sobre os mais váriados assuntos!

    Um abraço!

    Segue o texto:

    Bom Dia Laila! É um prazer estar escrevendo novamente pra você!

    Vamos voltar para aquele dia fantástico! Um momento muito especial para mim, pois nunca havia assistido uma palestra sobre esse assunto e, ainda mais com uma história real a qual tive oportunidade de ler. Conhecer a autora que passou por situações tão difíceis no passado e hoje apresenta a sua história para um público de jovens, na expectativa de mostrar-lhes que o mundo do qual aquela menina esteve presente é horrível e muitas vezes, sem volta.

    Foi uma experiência ótima e ao mesmo tempo dolorosa para mim poder estar ouvindo a história da pessoa que passou por todos aqueles momentos difíceis. Por um lado estava aprendendo mais sobre o quão deve ser terrível o efeito das drogas e como uma pessoa fica fora de controle para obtê-la; por outro estava triste, já que chorei quando li aquele livro, é como se eu estivesse revivendo os momentos que li, sofrendo com as dores daquela Laila jovem, que tinha sonhos e planos, que morava na beira do rio e nunca imaginava estar um dia na cidade grande, em baladas e um dia passar a noite na rua.

    A curiosidade de saber mais sobre aquela menina me interessou, aprender com ela a estar mais distante desse disfarce irresistível e dos falsos amigos, que estão do seu lado apenas no momento inicial, mas depois saem de cena, te deixando sozinho, pois eles só servem para mascarar a droga e deixá-la bonita na sua frente.

    Talvez minha alma tenha se identificado com a sua. Quando estava olhando fixamente para você, parecia-me que me retribuí-as, olhando de forma fixa em alguns momentos para mim. Isso me deixa contente, “bom ela estava olhando para mim?”. De certa forma a curiosidade de aprender com aquela mulher me deixou interessado, poder ouvir de suas próprias palavras os seus pensamentos e as aflições do passado me chamavam para estar presente naquela palestra.

    Obrigado por ser a pessoa que me deixou uma das melhores lições que já tive!!!!!

    Sim, eu era o aluno olhava diferente. Te adoro muito! Quero estar sempre aqui para poder ajudar aquela palestrante que me tocou, a seguir em frente e nunca desistir, ela é uma guerreira.

    Parabéns! Um abraço!

Deixe seu comentário